Rua Padre Chagas, 140/201. Porto Alegre

Fimose

Denomina-se fimose a dificuldade de exposição da glande (cabeça do pênis) devido ao estreitamento da porção final do prepúcio (pele frouxa que recobre o pênis).

Pode ocorrer em qualquer idade, sendo comum em crianças até os 4 anos de idade, quando geralmente resolve-se espontaneamente. Quando o paciente apresenta dor, infecção de pele, infecção urinária ou dificuldade para urinar, pode ser necessária a intervenção através de medicações ou tratamento cirúrgico (circuncisão).

No adulto, a infecção crônica associada à higiene precária e/ou diabete pode ser a causa, muitas vezes, evoluindo até a retenção urinaria se não tratada adequadamente.

Pode-se dizer que esta cobertura de pele sobre a cabeça do pênis (prepúcio sobre a glande) seria uma proteção natural contra a urina no período em que a criança ainda necessita o uso de fraldas.

Episódios de infecção recorrentes associadas a pequenos cortes pela tração forçada da pele do prepúcio levam a um processo de cicatrização, com conseqüente retração no seu diâmetro e posterior trauma no mesmo local. Formando um círculo vicioso de trauma, cicatrização e piora da retração.

A prática de “exercícios” nos quais os pais puxam a pele sobre a cabeça do pênis nas suas crianças, na tentativa de romper as aderências, deve ser evitada, pois podem causar traumatismos e piorar a situação.

O correto é levar a criança a um urologista que, após avaliação, pode definir a necessidade de tratamento ou simples observação até a resolução espontânea desta condição.

Entre em contato diretamente com o Dr. Leonardo: